domingo, 1 de janeiro de 2012

PROSPERIDADE VEM COM TRABALHO

     Em que consiste a prosperidade real? Todos nós queremos prosperar, ter uma condição de vida confortável, desfrutar os bens materiais que são legitimamente conquistados. Desconheço quem não queira isso para si.    Iniciando a nossa fala,              vamos a uma definição de prosperidade: Prosperidade é obtenção de suprimento em meio as necessidades. 
                     Para obtermos suprimento se faz necessário trabalhar.
                     O Deus Eterno deseja que sejamos prósperos. Ele é chamado El-Shadai ( O  Deus mais do que suficiente). Veja que toda criação manifesta abundância em todos os reinos. Exemplos: Numa relação sexual o homem ejacula milhões de espermatozóides,  porém, apenas um fecundará. Atente para a proporção: milhões para um. Você consegue ver a grandeza do Eterno nessa matemática?
                     As árvores frutíferas dão seus frutos em quantidades que excedem as necessidades da população mundial. A prova disso é que toneladas de frutas e legumes são jogados ao lixo todos os dias em nossas cidades; graças a mesquinhez humana e ao capitalismo selvagem. Consequentemente, muitos passam fome. Entretanto, a culpa da fome não é do Eterno que esbanja (no bom sentido)  em tudo o que faz! Deus é generoso. Olhe a imensidão do mar, a profundidade dos oceanos...  A cada dia são descobertas novas espécies de animais nas águas. Isso, sem falar no universo, nas galáxias, planetas, dimensões, anjos, etc.
                       Sabendo que o Criador é Senhor da abundância eu posso crer que minha vida será próspera. A pergunta é: Como alcançar a prosperidade? O que fazer para que ela venha a mim?
                        Bem, a maioria das igrejas ensinam que você só prosperará se der o dízimo e ofertas. Mas a verdade é que o trabalhador(a) já são prósperos  independentemente de dízimos e ofertas; porque quem tem para dar?  Só quem  está prosperando.
                         A prosperidade está no trabalho e vem do trabalho.
                     O que eu quero aqui é desmistificar  o dízimo e oferta. Visto que a mente do povo foi condicionada a dar a Deus para ter algo; negociar com o Senhor; barganhar bênçãos. Portanto, prosperar tornou-se algo mágico, imantado, obrigatoriamente miraculoso. Inventaram até a unção da prosperidade. 
                       Os mestres teólogos parecem desconhecer que os personagens bíblicos do passado  como: Abraão, Isaque e Jacó enriqueceram com muito esforço , trabalho e cuidadoso gerênciamento. Prosperidade não acontece com "abra-cadabra", "pirlim-pim-pim" ou: "eu decreto", "eu profetizo". Muito menos encafinfado dentro de "igreja" fazendo campanhas ( o que é interessante para o bolso dos pastores espertalhões).  
  •   Prosperidade vem com suor - "No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás". (Gênesis 3:19) 
    • Prosperidade vem com dedicação- "O que trabalha com mão displicente empobrece, mas a mão dos diligentes enriquece". (Provérbios 10:4)


    •  O Apóstolo Paulo  exortou os crentes para que trabalhassem. 
"E procureis viver quietos, e tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo temos mandado". (I Tessalonicenses 4:11)
  
                   
                     Quem não trabalha não prospera, não paga as contas, não come, não investe, não oferta nos cultos... Logo, o problema da teologia da prosperidade não está na prosperidade, mas sim, na teologia tão cheia de distorções, pressão psicológica e esperteza de pastores e apóstolos preguiçosos. Reenfatizo: "Dizimar e ofertar não vai fazer você mais prospero  do que já é."
                       O homem é um ser dinâmico. Deus não nos criou para viver na ociosidade ou parasitando. Conheço pessoas que após se aposentar ficaram doentes. Quando paramos de trabalhar nossa fonte de prosperidade pára também. 
                          Um dos segredos da prosperidade é: Trabalhar, trabalhar e  trabalhar. Não estou falando em se matar de  trabalhar , ou se tornar escravo do trabalho. Estou falando apenas que a condição sinequanon para prosperar é trabalhar. O Deus-Mais-Que-Abundante dá alimento as aves dos céus, porém,  não coloca no bico.
  Saiba como ter uma renda extra trabalhando a partir de sua casa. Clique no link: RENDA EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário